Escolhendo a fonte adequada para seu projeto gráfico

Ao criar uma peça gráfica, muitos elementos são essenciais em sua composição. Por isso, as cores, formas utilizadas e organização correta das informações precisam estar muito bem alinhadas para que o conjunto faça sentido.

Parte importante no processo de desenvolvimento de algo assim é a escolha das fontes do texto e com tantas opções disponíveis pode até ficar difícil de escolher. No entanto, existe uma premissa básica que pode guiar você na escolha da que é mais adequada.

Todas as fontes que você conhece, por mais diferentes que sejam uma das outras, são divididas em dois grupos: com serifa ou sem serifa.

composer---serifa

Fontes serifadas – São aquelas que possuem pequenos arremates nas pontas das letras. Por causa do seu estilo, são muito indicadas para textos longos. Como possuem alguns detalhes na finalização das letras, o olho humano entende como um bloco único, fazendo com que elas pareçam muito mais legíveis e fáceis de ler. Também podem dar um toque clássico para o visual de um projeto gráfico. Exemplo de fonte com serifa: Times new Roman.

composer---sem-serifa

Fontes sem serifa – Aqui as letras têm uma estética mais fluida e uniforme, sem maiores detalhes. É excelente para chamar atenção em títulos e chamadas, sendo bastante utilizada no nome de marcas famosas também. Exemplo de fonte sem serifa: Helvética.

Existem muitas fontes diferentes para você escolher, siga nossas dicas e opte pela que mais lhe agrada. E lembre-se: ao fazer seu projeto gráfico, a Composer está com você!